Posts Em Destaque

O supérfluo e o necessário


Enquanto dirigia pela cidade, olhando vários outdoors e outras propagandas de empresas do ramo de planos de saúde, medicina, lojas entre outros, me lembrei da “crise” - que é a moda que “pegou” nesse momento.

Pensei: consultas médicas, planos de saúde, são necessários... não devem estar passando por “crise”, por isso. As pessoas devem economizar mais no que é supérfluo.

Talvez considerem supérfluo investir em treinamentos, capacitação etc...

Mas também pensei: mas por que investir em si mesmo pode ser visto como supérfluo?

Já vi vários cases de pessoas que estavam por acabar com um relacionamento de vários anos, ou que não estava conseguindo se inserir no mercado de trabalho, ou que adoeceu por não estar satisfeito com a vida que levava, mas que, após se conhecer melhor e reconhecer as características do próximo, se reerguer e levar uma vida mais feliz.

Cheguei à conclusão de que investir em si mesmo é equivalente a encontrar a felicidade.

E como a “felicidade” pode ser considerada algo supérfluo?

Pessoas mais felizes conseguem se curar de doenças físicas e emocionais;

Pessoas mais felizes melhoram a sua autoestima sem precisar comprar uma nova roupa para experimentar essa sensação;

Pessoas mais felizes se respeitam e se amam mais – em consequência se tornam mais amadas pelas pessoas que as rodeiam.

Diante disso, o que é necessário e o que é supérfluo pra você?

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

INATHU - R. Pastor Faulhaber, 41

Bairro Velha, Blumenau/SC - CEP: 89036-166